Acredita em anjo
Pois é, sou o seu
Soube que anda triste
Que sente falta de alguém
Que não quer amar ninguém.
Por isso estou aquiVim cuidar de vocêTe proteger, te fazer sorrirTe entender, te ouvirE quando tiver cansadaCantar pra você dormir.
Te colocar sobre as minhas asasTe apresentar as estrelas do meu céuPassar em Saturno e roubar o seu mais lindo anel.
Vou secar qualquer lágrimaQue ousar cairVou desviar todo mal do seu pensamentoVou estar contigo a todo momentoSem que você me vejaVou fazer tudo que você deseja.
Mas, de repente você me beijaO coração disparaE a consciência sente dorE eu descubro que além de anjoEu posso ser seu amor.
Vou secar qualquer lágrimaQue ousar cairVou desviar todo mal do seu pensamentoEstar contigo a todo momentoSem que você me vejaFarei tudo, tudo, tudo que deseja.
Mas, de repente você me beijaO coração disparaE a consciência sente dorE eu descubro que além de anjoEu posso ser seu amor.
Me deu saudade de vc!!
De me abrir com quem realmente me entende!

=)
Vai minha tristeza,e diz a ela que sem ela não pode ser,diz-lhe, numa preceQue ela regresse, porque eu não posso Mais sofrer.Chega, de saudadea realidade, É que sem ela não há paz,não há belezaÉ só tristeza e a melancoliaQue não sai de mim, não sai de mim, não saiMas se ela voltar, se ela voltarQue coisa linda, que coisa loucaPois há menos peixinhos a nadar no marDo que os beijinhos que eu dareiNa sua boca,dentro dos meus braçosOs abraços hão de ser milhões de abraçosApertado assim, colado assim, calado assimAbraços e beijinhos, e carinhos sem ter fimQue é pra acabar com esse negócio de você viver sem mim.Não quero mais esse negócio de você longe de mim...
A casinha era simples mas adequada. Ela consistia de um quarto amplo numa rua empoeirada. Seu telhado de telhas vermelhas era um dentre os muitos naquele bairro pobre na periferia da cidade. Era uma casa confortável. Maria e sua filha, Cristina, haviam feito o possível para acrescentar cor às paredes cinzentas e calor ao chão de terra batida: um velho calendário, uma fotografia desbotada de um parente, um crucifixo de madeira. A mobília era modesta: um catre em cada lado do quarto, uma pia e um fogão a lenha. O marido de Maria morrera quando Cristina era criança. A jovem mãe, recusando teimosamente casar-se de novo, arranjou um emprego e criou a filha do`melhor modo que pôde. Agora, quinze anos mais tarde, os piores anos tinham passado. Embora o salário de doméstica recebido por Maria não lhes permitisse muitos luxos, ele era certo e fornecia às duas alimento e roupas. Cristina tinha também chegado a uma idade em que poderia arranjar um emprego e ajudar a mãe. Alguns diziam que Cristina puxara à mãe em sua independência. Ela repelia a idéia de casar-se cedo e criar uma família, embora pudesse escolher entre vários pretendentes. Sua pele morena e olhos castanhos atraíam uma série de candidatos à sua porta. Ela tinha um jeito especial de jogar a cabeça para trás e encher o ambiente de riso. Tinha também aquela magia rara que algumas mulheres têm de fazer com que o homem se sinta um rei só por estar a seu lado. Mas a sua maneira irônica de tratar as pessoas mantinha todos os homens a uma certa distância. Cristina falava muito de ir para a cidade. Ela sonhava em trocar seu bairro poeirento por avenidas suntuosas e a vida citadina. Essa idéia horrorizava a mãe. Maria imediatamente lembrava Cristina dos males das cidades grandes. "As pessoas não conhecem você. Os empregos são difíceis de achar e a vida é cruel. Além disso, se fosse para lá, como iria viver?" Maria sabia exatamente o que Cristina faria, ou teria de fazer para sustentar-se. Foi por isso que seu coração partiu-se ao acordar certa manhã e ver vazio o leito da filha. Maria soube na mesma hora para onde ela havia ido e sabia também o que deveria fazer para encontrá-la bem depressa. Jogou algumas roupas na mala, reuniu todo o dinheiro que tinha e saiu correndo de casa. A caminho do ponto de ônibus entrou numa lojinha para a última compra. Fotos. Ela sentou-se na cabine de fotografia, fechou a cortina e tirou fotos suas, gastando quanto pôde. Com a bolsa cheia de fotografias preto-e-branco de si mesma, ela tomou o primeiro ônibus que saía para o Rio de Janeiro. Maria tinha certeza que Cristina não conseguiria ganhar dinheiro com facilidade. Sabia, entretanto, que ela era teimosa demais para desistir. Quando o orgulho se encontra com a fome, o ser humano faz coisas que jamais pensava fazer antes. Tendo conhecimento disto, Maria começou suas busca. Bares, hotéis, boates, qualquer lugar onde pudesse ha-ver uma meretriz ou prostituta. Foi a todos. E em cada lugar deixou sua foto — colada no espelho do banheiro, pregada num quadro de avisos de hotel, presa numa cabine telefônica. E no verso de cada uma escreveu uma nota. Não demorou muito para que o dinheiro e as fotografias acabassem e Maria teve de voltar para casa. A mãe cansada chorou enquanto o ônibus iniciava sua longa jornada de volta para sua cidadezinha. Algumas semanas depois a jovem Cristina desceu as escadas do hotel. Seu rosto mostrava-se pálido. Seus olhos castanhos não dançavam mais, alegres e buliçosos, mas falavam de sofrimento e medo. Seu riso se fora. Os sonhos que tivera se transformaram em pesadelo. Mil vezes quisera trocar aqueles inúmeros leitos por seu catre seguro. Todavia, a cidadezinha em que vivera se tornara de muitas formas distante demais. Ao chegar ao pé da escada, seus olhos notaram um rosto familiar. Ela olhou de novo e ali no espelho do saguão estava uma fotografia da mãe. Os olhos de Cristina queimaram e sua garganta contraiu-se, enquanto atravessava o salão e removia a pequena foto. Escrita no verso da mesma, achava-se este convite atraente: "O que quer que você tenha feito, o que quer que se tenha tornado, não importa. Por favor, volte para casa." Foi o que ela fez. Li e gostei....
Agora estou com um novo blog
por isso abandonei meu filhote
de tando tempo
AQUELE POEMA
mas, estava com saudades daqui...

Saudades de me abrir comigo mesma!!!


Bjs
Sei que já tentei de tudo,Sei que já não quero mais lembrar.Só não sei como dizer pra mim.Toda vez eu me pergunto,Quem será que pode completarEsses versos mudos que eu escrevi?Pra tentar me convencer.Que eu consigo sem você,Respirar enfim, um momento só pra mim,E deixar a vida acontecer.Aos poucos vou reconstruindo,Aos poucos tudo volta pro lugar,Escutando a alma dizer que sim.Nesse mundo desatino,Espero a nova rima me encontrar.Nesses versos mudos que eu escrevi.Pra tentar me convencer.Que eu consigo sem você,Respirar enfim, um momento só pra mim,E deixar a vida acontecer...Pra tentar me convencer.Que eu consigo sem você,Respirar enfim, um momento só pra mim,E deixar a vida acontecer...Respirar enfim, um momento só pra mim,E deixar a vida acontecer...
Menina, que um dia conheci criança
Me aparece assim de repente,linda, virou mulher.
Menina, como pude te amar agora?
Te carreguei no colo menina,
Cantei pra te dormir
Lembro a menina feia
Tão acanhada, de pé no chão
Hoje maliciosa
Guarda um segredo em seu coração.
Menina, que muitas vezes fiz chorar ...
Achando graça quando ela dizia:
-Quando crescer vou casar com você.
Menina, porque fui te encontrar agora.
Te carreguei no colo menina
Cantei pra te dormir
Havia um cego sentado na calçada em Paris, com um boné a seus pés e um pedaço de madeira, escrito com giz branco:- Por favor, ajude-me, sou cegoUm publicitário, parou e viu umas poucas moedas no boné. Sem pedir licença, pegou o cartaz e o giz, e escreveu outro anúncio e foi embora.Mais tarde o publicitário voltou a passar em frente ao cego. Agora, o seu boné estava cheio de moedas. O cego reconheceu as pisadas e lhe perguntou se havia sido ele quem reescreveu seu cartaz, querendo saber o que havia escrito ali.O publicitário disse:- Nada que não esteja de acordo com o seu anúncio, mas com outras palavras"Sorriu seguindo seu caminho. O cego nunca soube, mas seu novo cartaz dizia:- Hoje é Primavera em Paris e eu não posso vê-la (Derek Destito)Tudo o que precisamos é de uma mão para segurar,e um coração pra nós entender
O amor não precisa de reciprocidade para existir, ele se auto sustenta! O amor nos permite estar compostos, ainda que humilhados, envergonhados e sem norte... O amor que sentimos é até capaz de nos preencher, quando nada mais nos preenche...

O amor não desiste, ele insiste! Não insiste em querer o objeto do seu amor pra si, mas insiste em vê-lo feliz, em vê-lo contemplado!
'eu não negocio a minha fé, eu não barganho a minha espiritualidade, vivo como os amigos de Daniel, se Deus quiser me abençoar amém, caso não queira, Ele continuará sendo Deus e Senhor na minha vida, porque certamente não foi pra isso que eu me aproximei Dele ou Ele de mim. '

'Se você quer se dá bem na vida, faça um bom curso, procure um bom emprego, vá trabalhar, não pense que Deus é o seu baú da felicidade. '
Pode acontecer
Que o dia não amanheça bem
A má notícia que chegou
A alegria que partiu
E a paz se foi
Enfrentando a dor
Não vou aceitar que este seja o meu fim
Eu vou erguer a minha voz
Eu vou clamar a Deus pois sei
Que Ele virá me socorrer
Posso estar no deserto
Ou passando no vale
Mesmo assim estou certo
Deus me guiará
Não importa o que eu vejo
Não importa o que eu passe
Minha fé está firmada
Em quem não falhará (jamais)
O dia não terminará
Sem que eu veja Deus agir em meu favor.
Ouço Deus me chamando com sua doce voz
Ele sussurra meu nome com muito amor
Eu digo eis-me aqui
Eu digo eis-me aqui
Não temerei
Quero andar nas alturas
Não temerei
Vou me jogar em teus braços
Não temerei
Eu vou contigo em qualquer lugar
Tua mão me guiará até o fim
Sua voz me traz paz e me faz entender
Que a sua vontade é melhor pra mim
Só me resta dizer:
Eu digo eis-me aqui
Eu digo eis-me aqui
Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua benignidade e da tua verdade. Salmos 115:1
Não acredito em oração em que a gente fala e Deus escuta. Acredito mesmo é na oração em que a gente fica quieto para ouvir a voz que se faz ouvir no meio do silêncio.

as doenças da alma se curam sempre quando se aprende a rir de si mesmo...

Quem, dentro de si mesmo, um Paraíso não for capaz de encontrar, não será capaz também de, um dia, nele entrar...

Saudade é o revés do parto. É arrumar o quarto para o filho que já morreu... E inútil consolar a mãe, diante do filho morto, dizendo que ela poderá ter um outro filho mais bonito e mais inteligente. O que a mãe deseja é aquele filho burrinho e feio – pois é ele que ela ama.

Quero voltar para casa...
Quero o gemido do monjolo de minha infância e suas pancadas tristes, noite a dentro. Quero as madrugadas pelos campos cobertos de capim gordura, o borbulhar dos regatos escondidos no mato, o barulho dos cascos dos cavalos no chão, misturado ao cheiro divino do seu suor. Quero as jabuticabeiras floridas e suas abelhas. Quero as estórias de almas do outro mundo, contadas à sombra das paineiras. Quero o barulho das goteiras nas panelas, caindo dentro de casa. Quero o apito rouco do trem de ferro, que vive apitando dentro do meu corpo. Quero um canarinho da terra, cabecinha de fogo, no galho da laranjeira. Quero o cheiro dos cadernos, livros e borrachas, no primeiro dia de aula, no grupo. Quero me assentar no rabo do fogão de lenha e ficar vendo o fogo. Quero assistir a fita em série, no Cinema Paradiso. Quero molhar os pés na enxurrada...
"uma criança abraçada a uma boneca é uma criança sem medo, uma criança feliz. Os meninos, proibidos de ter bonecas, se abraçam aos seus ursinhos de pelúcia. E nós, adultos, proibidos de ter bonecas e de ter ursinhos de pelúcia, nos abraçamos ao travesseiro... Os objetos são diferentes, mas o seu sentido é o mesmo: o desejo de aconchego e de ternura."

Filme: Nove Semanas e Meia de Amor
O Alienista
Tentações de Santo Antão, de Bosch
Grito, de Münch,

A nossa infelicidade se deve a isso, que não podemos comer com a boca tudo o que comemos com os olhos.

E aí eu pensei se não deverá ser muito maior que a Arca de Noé o saco dos nossos pobres adolescentes, arrastando o seu saber para fazer seus exames vestibulares. Se disserem que idéias não têm peso e nem ocupam espaço, direi que estão redondamente enganados. A mente tem sua própria geometria e sua própria física. E o problema é que eles deverão levar elefantes, dinastias de faraós egípcios, batalhas, bibliotecas inteiras, países e mares, pois nunca se sabe sobre o que versará a conversa do tal exame.
Pelo que Gulliver relata, o projeto foi abandonado por razões óbvias. O corpo não é trouxa de ficar arrastando um saco daquele tamanho. E é justamente isso que vai acontecer com os que passaram no vestibular: já que eles sabem que não mais terão necessidade de falar sobre aqueles assuntos todos, e nem haverá ocasiões para tal, eles irão progressivamente esvaziando o saco das inutilidades que ali foram colocadas, até chegarem à condição bem-aventurada de professores universitários, que só carregam nos seus sacos aquilo de que têm necessidade nos seus afazeres. Pois essa é uma lei de memória: aquilo que não é usado, é esquecido. O vestibular, assim, revela-se apenas um penoso, dolorido e obtuso exercício mental, cujos resultados estão condenados ao quase total esquecimento. Tenho feito e repetido um desafio, que ninguém se atreveu até hoje enfrentar: que os professores universitários, com seus mestrados e doutoramentos, se submetam aos ditos exames, do jeitinho como os adolescentes, para testar a sua performance. Minha aposta é que uma altíssima porcentagem seria reprovada, eu entre eles, o que não quer dizer que os professores sejam incompetentes: quer dizer apenas que o tal exame não faz sentido. Desafio os responsáveis pelos vestibulares a fazerem essa prova no ano que vem, só pelo humor dos resultados...

É isso que desejo para você e para mim, no início de cada ano: esquecimento. Tomar um banho. Deixar a água correr pelo corpo... Sentir os detritos do passado se despregando, e entrando pelo ralo. Recuperar o corpo sem memória da criança, para ver o mundo como se fosse a primeira vez...

Nós temos uma capacidade quase infinita de suportar a dor, desde que haja esperança.

Você pode ter a casa repleta de amigos

Paredes e pisos cobertos de bens

Ter um carro do último tipo

E andar conforme der na cabeça

Ou pode até ser um cara que vive apertado

Até mesmo dentro de um lotação

Curtindo assim mesmo num fim de semana

A andar conforme der na cabeça

Mas sempre será como folha no vento

Esperando o momento de cair

Você pode ter tudo aquilo que sonhar

Mas nunca terá a paz que existe lá dentro

Que não se encontra pra poder comprar

Porque essa paz só tem a pessoa

Que se encontra com Cristo

Às vezes parece que ser um cristão
Não é fácil em meio à escuridão
Inda mais se eu pensar que não é minha luz
Mas a união com Deus que o brilho produz.
E as vezes parece difícil entender
Que o cristão é exemplo mesmo sem querer
E por isso mesmo eu preciso orar
Pra que Deus me ilumine e assim eu possa brilhar

Às vezes eu temo que vou fracassar
Pois eu sei que errei e continuo a errar
Mas se a minha luz parece extinguir-se
Meu Deus me dá força pra prosseguir.
Não importa o quanto eu tente me esforçar
Eu só posso vencer se Ele me ajudar
E é quando percebo, meu esforço é vão
E o que devo fazer é segurar Sua mão
Senhor eu quero brilhar por Ti
Quando o mundo se apagar
Eu quero que através da minha vida
Alguém possa Te enxergar
Faze com que, mesmo sem palavras
Eu fale do Teu amorEu quero brilhar por Ti
Brilhar onde quer que for.
E quando minha luz parece vacilar
É só me unir àquela luz que a todas faz brilhar.
Desde quando eu era criança ouvi falar de um Deus
Que abriu o mar vermelho, lutava pelos seus
Contra feras e gigantes, reinos e nações
E eu me encantava cantando suas canções
Mais o tempo foi passando e eu não quis ouvir
Preferi seguir meus rumos, tentei de Deus fugir
Mas no final do meu caminho não conseguia mais andar,
Eu senti a sua presença convidando-me a voltar
Senhor, quero me entregar,
Nos teus caminhos quero andar
E segurar a tua mão, e receber o teu perdão
E quero ser a voz que ouvia em minha infância
E vou cantar que não há distância que te possa afastar
E pra quem estiver cansado, sofrer do solidão
Pra tua vida fracassada meu Deus é solução
Pois deixou as suas ovelhas para vir te procurar
E se sentes sua presença porque hoje não cantar?
Senhor, quero me entregar,
Nos teus caminhos quero andar
E segurar a Tua mão, e receber o Teu perdão
E quero ser a voz que ouvia em minha infância
E vou cantar que não há distância
Que te possa afastarSenhor, quero me entregar,
Nos Teus caminhos quero andar
E segurar a Tua mão e receber o teu perdão
E quero ser a voz que ouvia em minha infância,
Que não importa a distância
Ele vai te alcançar
"No princípio... No princípio era o silêncio. E o silêncio se fez encontro e a relação fez-se salvação. E do encontro surgiu um caminho excelente. Deixam pai e mãe e se unem um ao outro para ser uma só carne, um só povo, um só caminho no mesmo Deus. Ide, ensinai: melhor é serem dois do que um; porque quando um cair, o outro o levantará. Águas passarão, o rio correrá, mas o amor permanecerá. Ainda que sejam faladas todas as línguas do mundo e dos anjos, se este amor faltar, a vida será oca como bronze. O amor espera, sofre. O amor crê. O amor permanece: alimenta a fé, impulsiona a esperança. O amor é o caminho maior". [Filipe Maia]
A Igreja, desde a Idade Média exercia sobre povo um poder que excedia o do Estado. Ela foi a instituição mais poderosa da sociedade medieval do Ocidente, sendo tão rica e temida, a Igreja detinha também grande poder político. Desde esse tempo, a Igreja tem o poder sobre a cultura, tem o poder sobre os seus povos, tem o poder de transformação. A grande dúvida é saber se as escamas estão caindo. Em sua música “Filho de Davi”, David Quinlan clama a Deus para abrir seus olhos: “Filho de Davi tem compaixão de mim, toca nos meus olhos, faz as escamas caírem”. Sei que esse é o desejo que arde no coração de muitos, no entanto, é muito mais cômodo ficar sentando, enquanto os outros leem a Bíblia, expõem o seu ponto de vista e nos apresentam o deus que eles conhecem.As pessoas desejam voltar ao primeiro amor, pois quando se tem a sensação do primeiro amor, ele basta, não há necessidade de poder, de milagres, somente de ser cuidado e ser amado por Deus. E quando essas pessoas tentam voltar a esse primeiro amor, elas dão mais importância às pessoas, o que é fundamental para Deus. Elas deixam de lado as diferenças e olham para a cruz, não esperando mais só o mover das águas.De volta aos dias do Velho Testamento, Deus queria que sua casa, o templo em Jerusalém, fosse um lugar onde as pessoas de todas as nações pudessem ir e orar a Ele com alegria. Será que a igreja que Paulo revela, o templo de Deus que está em nossas vidas, como foi citado em I Coríntios 6:19, ainda existe? Ou se sequer existiu um dia?Ainda existem igrejas que, apesar de suas falhas – que todas têm - acolhem e cuidam do seu povo, se desviam dos escândalos e acolhem a Bíblia como verdade. E quando eu falo igreja, não falo denominação, mas sim pessoas anônimas, pessoas que estão fora da mídia, pessoas que vivem “a casa de oração”, pois cada um de nós é templo, é igreja. E quando perguntarem “ainda existem igrejas que transformam cidades?”, eles perguntarão olhando para nós, pois somos a igreja.É de responsabilidade dos líderes serem exemplos para os fiéis, mas é também responsabilidade sua ser um exemplo para o mundo aí fora. De acordo com o capítulo 10 de João, é responsabilidade dos líderes serem um bom pastor e não um mercenário que quando vê os lobos, foge e deixa as ovelhas. Ele foge porque ele não tem cuidado com as ovelhas. “Nisto conheceram que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros”. Onde está este amor? O amor que ensina, o amor que corrige, o amor que prega a verdade, doa a quem doer. Temos que interpretar a Palavra e depois temos que praticá-la. Isto não é uma tarefa fácil.O mundo tem transformado as igrejas. Não se sabe mais diferenciar o joio do trigo, o sal da terra, eles se confundem com esse mundo secular que se denomina igreja emergente.E eu me pergunto onde fica a história sim, sim, não, não e o que passar disso é maligno.Em Efésios 4:12-13, diz: “ Não deve limitar-se a evangelizar. Mas também levar à maturidade cristã.” Como podemos evangelizar se não conhecemos o que estamos falando? Como vamos chegar a uma maturidade cristã, mostrar a verdade que liberta, se estamos cobertos por escamas humanas?Jesus foi provocado até a ira santa quando ele encontrou a casa de Deus sendo usada como um mercado, ao invés de ser usada como um centro de bênçãos para as nações. E eu imagino esse mercado não como um comércio de vendas e compras, mas um comércio de barganhas espirituais. Esforça-se muito para "vender" o Evangelho. Alardeiam-se os benefícios da fé. Basta observar a enormidade de tempo gasto divulgando os horários dos cultos, a eficácia da oração, mostrando que aquela igreja é melhor e que a sua mensagem é a mais forte para resolver todos os problemas das pessoas. Aborda-se o Evangelho como um produto eficaz e adota-se uma mentalidade empresarial no seu anúncio. Promete-se enormes possibilidades. Trata-se as pessoas como clientes e, sem constrangimento, anuncia-se que qualquer um pode adquirir esse determinado benefício com um esforço mínimo. As igrejas se transformam em balcões de serviços religiosos ou “supermercados da fé”. Como um supermercado com as gôndolas recheadas de produtos, as igrejas procuram incrementar os "serviços" ao gosto dos fregueses.As pessoas, por sua vez, se achegam, seduzidas pelas promoções das prateleiras eclesiásticas. Esse modelo induz as pessoas a adorarem a Deus por aquilo que ele dá e não por quem é. Não se anuncia o senhorio de Cristo, mas apenas os benefícios da fé. Os crentes acabam tratando a Bíblia como um amuleto e, supersticiosos, continuam presos ao medo. Vive-se uma religião de consumo. Jesus dialogou com uma mulher samaritana e ofereceu-lhe uma água viva. A mulher imaginou essa água com raciocínios concretos. Pensou que ao beber nunca mais teria sede. Uma água dessas hoje, devidamente comercializada, seria um tesouro sem preço. "Dá-me dessa água e assim nunca mais terei que voltar aqui". Jesus corrigiu a linha de pensamento daquela mulher. A água que ele oferecia não era uma mágica, mas um relacionamento: filhos e filhas adorando ao Criador em espírito e em verdade. Infelizmente, muitos evangélicos brasileiros propagandeiam a água mágica. Matando a sede de qualquer um no estalar de dedos. Se não voltarmos aos fundamentos do Evangelho, teremos sempre clientes religiosos, nunca seguidores de Cristo.Acredito que Jesus olha para “os compradores da fé” com os mesmos olhos que olhou para a mulher que lhe pediu que curasse sua filha. E ele diz: “Não é justo que tire o pão dos meus filhos e dê aos cachorros”.A frase "Grandes poderes trazem grandes responsabilidades", de Benjamin Parker, se encaixa de forma significativa neste contexto. A Igreja possui um poder que traz para si uma responsabilidade que, talvez, a mesma não se dê conta. Ela oferece de muitos púlpitos não o evangelho de Jesus Cristo, mas um mero combustível religioso. Alguém disse (infelizmente, não me lembro quem) que “a religião é a água límpida que corre em veias defeituosas”. Mas eu ainda acrescentando que como David Quinlan clamasse a Deus para abrirem seus olhos, as veias continuaria defeituosa, mas pelo menos seria debaixo de um temor pelo que se fala e se faz, abrindo os olhos e deixando as escamas escorregarem.O nome de Jesus tem sido ofuscado pelas variadas denominações que são diretamente responsáveis por isso. E é cômodo ser assim, é mais prático agir dessa forma. É a expressão do poder sem responsabilidade.A Igreja é o sal deste mundo. Conserva, dá sabor e mantém um relacionamento equilibrado. Influencia, jamais é influenciada. Marca presença no mundo e por ele é respeitada. Nas palavras de Jesus, a Igreja, embora parceira do mundo, não se contamina com o seu mal. No fim, o mundo pode até odiá-la, mas por vê-la coerente, haverá sempre de respeitá-la. Esta é a porta para que ele seja transformado. Mas será que a Igreja tem transformado ou está sendo transformada? E com isso, colocando escamas nos olhos “do sal”. Temos que [re]pensar a Igreja, pois o mundo está transformando o sal que tempera, em sal que é pisado pelos homens. E [re]pensar a Igreja que está transformando o mundo, deixando as escamas cada vez mais empoeiradas.

Aquele abraço,
Lendo o texto de II Samuel 12 eu pude compreender que muitas vezes Deus mata o “Isaac” que há em nossa vida. Não somos nós, não foi porque não escutamos a voz de DEUS, mas Ele mata “as promessas”. Os nossos desejos se transformam em promessas não porque Deus disse, mas pelo nosso querer. Algo que não está no coração, somente na nossa mente. Sonhos que tomam o nosso ser, que nos fazem chorar, que achamos que é promessa de Deus. E Ele vai e mata.Aconteceu isso com o filho de Davi. No verso 16 diz que Davi jejuou, orou, clamou a Deus pela vida de seu filho (dos seus sentimentos, das suas vontades, dos seus sonhos).O verso 18 diz que a criança morreu. E assim acontece com os nossos sonhos. Tem pedras em cima deles. Assim como ocorreu com Lazaro, colocaram uma pedra quando ele morreu. E muitas vezes Deus diz: ‘‘ Tira a pedra. Não para que ele ressuscite, mas para você sentir o mau cheiro. ’’ Sentir que Deus tem algo melhor para você, que esses sonhos são velhos e Deus tem sonhos novos. Muitas vezes Deus te confronta falando que você faça o que quer. Para você levar um “tapa da vida” e saber que Deus tem algo melhor. Talvez um dia você prove desse pão e ate ache uma delicia, mas com o passar do tempo esse pão não se renova, ele perde. Que graça tem comer pão dormido?Esse mesmo verso mostra que os anciãos não queriam falar para Davi que a criança tinha morrido. E muitas vezes as pessoas têm receio de falar porque tem palavras que nos ferem e têm outras que nós já escutamos mil vezes e mesmo assim não conseguimos mudar. Porque não adianta escutar varias vezes. O que faz a mudança ocorrer é a entrega verdadeira dos seus sonhos, dos seus desejos para DEUS. Isso ninguém pode fazer, só você.No verso 20 diz que Davi assim que soube que a criança era morta, se lavou, se ungiu, mudou de vestidos, entrou na casa do Senhor e o adorou. Depois que o seu sonho morreu. E muitas vezes nos culpamos que nós matamos esses sonhos. Mas foi Deus que não quis. Ele te ama ao ponto de te proteger de algo ruim. Veja: se o seu sonho tivesse sido realizado, como seria hoje? Será que você estaria feliz? Deus te protege porque ele vê o futuro e muitas vezes nos oprimimos por guardar uma culpa. A culpa da morte da criança não foi de Davi. Verso 15 – o Senhor feriu a criança. O Senhor agiu pensando no futuro. Eu olho para Davi e vejo que ele se lavou e nesse caso, se lavar é algo importante. É como um divisor de água, colocar um novo sorriso no rosto, usar vestes novas, entregar a Deus esses sonhos e colocar tudo na mão Dele. Não só hoje, não só essa semana, mas para sempre. Muitas vezes temos que colocar os nossos desejos numa gaveta e dar a chave para Deus, e se Ele quiser um dia abrir, que abra. Mas se não, deixe que Ele tome conta. Não da mais para viver uma vida morna. Um dia eu estou feliz, no outro não. Chega, entrega nas mãos de Deus seus sonhos. Deixa Ele cuidar para você. Faça um divisor de águas em sua vida.Davi tinha acabado de perder o filho e foi adorar a DEUS. Mesmo depois que o filho já tinha morrido. Temos áreas em nossas vidas que somos dependentes de Deus. Mas precisamos lavar o rosto e o adorar.Muitas vezes nós parecemos invisíveis aos olhos do mundo, mesmo você sendo uma pessoa linda, mesmo você sendo inteligente, mesmo você tendo todas as características de ser alguém “perfeito” para o mundo. Mesmo assim muitas vezes somos invisíveis. Porque quando se tem uma ferida na alma às pessoas não se achegam, pois o cheiro é forte, porque parece que o curativo é visível. Alguns amigos ficam porque o amor é grande, ao ponto de suportar e mesmo assim muitas vezes nós assustamos algumas pessoas por causa do mau cheiro.No verso 23 Davi diz que “a criança já é morta, por que jejuaria? Poderia fazê-la mais voltar? Eu irei a ela, porém não voltará para mim”.Tem momentos que não tem mais porque se sacrificar, jejuar, chorar, deixar de viver a vida linda que Deus tem para você. Pois a criança já é morta.Acredito que Davi tinha fé suficiente que Deus pudesse ressuscitar a criança. Contudo no verso 24 diz que Davi teve outro filho e deu o nome de Salomão. Lembre-se que a primeira criança nem tinha nome, porque ela era pequena aos olhos de Deus, muito pequena. Deus tinha para Davi um filho que seria rei. Nós olhamos para os nossos problemas como o maior da face da terra. Deus olha como uma criança e vendo o futuro que espera por você, o futuro de um Rei.Essa história nos mostra todas as etapas de um sonho. O momento em que você ora para conseguir, o momento que o sonho não da certo, o momento em que você toma uma atitude (mudança) e o momento em que Deus agiu e mais uma vez nos surpreendeu. Primeiro você precisa tomar uma atitude e depois Deus vai agir.Em Reis 1-34 diz que Salomão foi constituído Rei. Naquele tempo o rei era a maior autoridade. Deus tem o melhor para você. Algo que te complete verdadeiramente, algo que possa receber de você o melhor e que possa te dar o melhor.
Sobretudo que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem às saídas da vida. Pr 04-23

Aquele abraço,
Jesus em seu ministério de três anos realizou muitos milagres, transformou vidas, mudou histórias. Ele almoça com pecadores, bebe vinho perto de mulheres suspeitas, elogia pagãos e promete o Paraíso para gatunos.O milagre que mais me chama a atenção foi o de Lázaro, ele estava morto e Jesus mesmo sabendo que podia ressucitá-lo, chorou porque o amava verdadeiramente. E é isso que acontece conosco. Jesus chora todas as vezes que você esta morrendo (morrer é perder de viver). E qual será a melhor forma de viver?).Quando tem várias pessoas em festas se prostituindo, se embriagando, idolatrando outros deuses. Jesus chora. Será que depois que Ele operou o milagre em você, depois que ele festejou esse grande milagre, mesmo assim não chegou o tempo de fazer Jesus Sorrir? Nós éramos mortos ele chorou, fez o milagre e comemorou conosco. Será que agora não é a nossa vez de surpreender-Lo? De fazer-lo falar com os anjos: ‘olha esse é meu filho!’?Acredito que quando Jesus chorou as pessoas pensaram: “é Lazaro morreu mesmo, pois o mestre está chorando!” Mas ele chorou mesmo sabendo que podia fazer algo, ele chorou porque realmente amava Lazaro. E é assim que acontece. Nós morremos e todos pensam Jesus não pode fazer nada, mas ele sempre nos surpreende. Será que não chegou à vez de você surpreende-lo?Alguma vez você surpreendeu Jesus com algo de bom? Muitas vezes o que nos move a ir às Sinagogas é saber que Ele pode fazer um milagre em nós. “Jesus eu sei que o Senhor pode fazer o milagre que eu preciso, mas hoje eu vim somente para te adorar.” Eu sei que é impossível, sei que Deus pode, no entanto o que acontecer é lucro, pois você estava morto. Muitas pessoas antes de sair de casa oram pensando que a oração vai ser como um amuleto, não vai me acontecer nada. A oração tem quer ser seu relacionamento com Deus independente do que vai acontecer! O milagre ele pode fazer, mas e você está fazendo o que? O que te faz ir numa igreja, qual é o motivo que te leva a orar?Chega de barganhas com Deus. Deixe primeiro ele sorrir para você!
"As minhas lágrimas têm sido o meu alimento dia e noite, enquanto me dizem continuamente: O teu Deus, onde está?" (Salmo 42.3)
E quando os tsunamis, as listas dos aprovados não têm o seu nome, sua esposa perder o filho, aquele namorado que você gostava termina com você, as enchentes cobrem as cidades, quando uma filha é assassinada por uma bala perdida, as tragédias, os desabamentos das igrejas não deixam de acontecer?Será que servos fiéis em Cristo podem, em algum momento da vida desenvolver Alzheimer, catarata, depressão, labirintite, câncer, osteoporose ou qualquer outra doença? Neste exato momento há um sem número de cristãos nos hospitais orando humildemente por saúde ou aguardando operações.Será que num momento como este as pessoas não tem fé o suficiente? Será que uma mãe vendo sua filha no leito de morte não tem fé o suficiente para Deus curá-la? O problema é que estamos acostumados a ver Lázaro ressuscitado e com a certeza de que os cristãos não vão adoecer e se isso acontece, lembramos rapidamente da mulher do fluxo de sangue.É fácil estar contente quando o milagre ocorre, mas quando uma enchente cobrir sua casa, onde está a sua fé?Em Apocalipse 7;14 Senhor diz que este é o povo da grande tribulação.E diz: “No mundo tereis aflições (será que aflição não é isso), mas tende bom ânimo eu venci o mundo.” Cadê o seu bom ânimo?Será que sua fé é limitada quando as aflições vêm? Mesmo que Ele já tivesse nos avisado: “vocês terão aflições”.O filho quando está aprendendo a andar de bicicleta confia no pai que está o segurando para que ele não caia e mesmo que o pai o solte ele continua andando, pois ele confia no pai. E é isso que devemos fazer mesmo quando DEUS parecer longe devemos confiar Nele, pois ele está olhando por nós e quando pensarmos em cair, Ele vai estar pronto a correr para nos ajudar.Você já é o milagre. O adore por isso, adore por que Ele tem uma infinita misericórdia, se o milagre ocorrer, ótimo, se não, o adore mesmo assim.Quando os maus dias chegarem, e um dia eles chegarão, com certeza irão nos perguntar: "E o teu Deus, onde está?". Responda que Ele também está sofrendo contigo, está ao seu lado enxugando suas lágrimas, e que por um breve momento ainda sofreremos, mas que Ele lhe dá a força e ânimo para continuar vivendo sem medo, sem amargura, sem rancor. E que para nós, o melhor ainda está por vir. Não pensando que o melhor será a cura, ficar rico, um milagre sobrenatural, mas apenas um abraço do Pai e muita força para enfrentar todos os montes mesmo quando eles são quase montanhas.
Será que esse não é o maior milagre?Quando você aceitou Jesus, Ele não te disse você não ia mais chorar. Ele disse você não vai mais chorar sozinho, mesmo que Ele esteja em silêncio.Então esteja pronto para as mudanças, mas, se nada ocorrer, se nada mudar, se o silêncio se estabelecer e a demora parecer não ter fim, diga: ‘’eu vou Te adorar mesmo assim!’’.

Aquele abraço,

Porque que muitas pessoas falam: “eu nunca vou numa igreja de crente?”. Porque muitas outras diz: “eu não quero ter nenhum ministério na igreja?”. Compromisso? E eu com isso? As pessoas que fazem coisas erradas preferem a escuridão para não mostrar os seus pecados. Porque na luz todas as machas são vistas. Porque quando se tira o tapete do quarto às sujeiras são encontradas. É muito mais fácil deixar o quarto sujo e a sujeira debaixo do tapete. Para que luz? Ela só serve para nos mostrar as manchas. O “problema” que Deus é a luz e quem quiser permanecer na luz tem que mostrar suas manchas. A palavra de Deus é luz para o nosso caminho, mas para que ler, se cada vez mais encontramos algo errado, em nossas vidas, que precisa ser mudado urgente? Não é melhor ficar no erro sem a verdade, na escuridão?Nessa história de que a verdade liberta, muitos preferem ficar sendo escravo. Escravo dos lideres que estudam a palavra, pregam o evangelho. É bem melhor ficar nos bancos ouvindo, reclamando, resmungando, e pensar que é bom ninguém quer, ninguém sabe! Na verdade todos sabem, mas é bem mais cômodo tomar papinha do que comer algo consistente. Todos sabem por que as palavras não convencem e sim o Espírito Santo, mas para isso ocorrer é preciso tomar decisões e dizer: “Eu quero”. Aponte-me na bíblia algum verdadeiro homem de DEUS que só entrava na sinagoga assistia o culto e saia. E pronto. Sou discípulo de Jesus. Aponte-me somente um. Todos os homens de Deus tomaram decisão de querer. Querer e deixar Deus controlar, lavar suas vidas.E qual foi o mandamento para os discípulos? Ide. E esse Ide já esta na moda, ide, vai. Ninguém pode ir com manchas, nem soldado baleado pode ajudar o outro, dificilmente alguém que não sabe nadar pode salvar o outro. A sua maior prova de amor ao seu próximo é ser sal para temperar a vida dele. Por amor. E querer andar na luz para guiar seu irmão ao caminho correto, pois este caminho é estreito.Quando Jesus lava os pés dos discípulos não é para se mostrar humilde, porque Ele não precisa te convencer de nada, mas para lavar as machas do local onde se tem mais sujeira, os pés. Talvez no seu caso não sejam literalmente os pés, mas quem sabe o coração, quem sabe a mente, quem sabe o corpo. Mas quem é que tem coragem de abrir sua ferida, mostrar seu chulé, sua vergonha, o lugar mais sujo para Deus lavar?E Ele diz: “Se eu lavar os teus pés você vai ter parte comigo”.O primeiro pecado foi de Adão e Eva. E logo quando eles pecaram se esconderam atrás de uma arvore. (Gn 3-8) E você se esconde atrás de que? E melhor ficar atrás da arvore? Debaixo do tapete? Escondido por peneiras?Jesus diz a mulher samaritana: Chama o teu marido, sai de trás da arvore, venha para luz, arrume o teu quarto me mostre suas manchas. E quando eu falo do quarto porque é um lugar mais íntimo seu, onde você pode deixar as suas sujeiras a mostrar. E Jesus lhe diz: Me da à chave eu quero fazer uma limpeza, eu quero cuidar, vai chamar teu marido. Onde está teu marido? Onde estão suas sujeiras? Não chegou o momento de uma limpeza, ou você vai ficar aguardando o próximo retiro, a próxima vigília? Será que não chegou o momento de você ter mais intimidade com Jesus ao ponto dele lavar tuas manchas?Sim, mas o que são manchas? Não são feridas? Não, feridas doem, incomodam, precisam de um tratamento rápido e imediato. Já as manchas podem ficar cobertas, não chamam atenção, pode ser que nem doa tanto, passam muitas vezes despercebidas. As feridas chamam bastante atenção o que não ocorrem com as manchas, pois estamos acostumamos a viver com elas sem constrangimento algum, já fazem parte da nossa vida, não incomoda, já até nos acostumamos, e muitas vezes achamos até normal.Por outro lado me lembro da mulher adultera que Jesus diz: Quem não estiver pecado atire a primeira pedra. É muito fácil olhar para esse teu irmão e julgar. E fácil ver a ferida do seu irmão. É mais fácil olhar para o lado. Muitas vezes o que nos precisamos fazer é perdoar nosso irmão para Deus perdoar também “Jesus disse: Ninguém te condenou? Nem eu também te condeno”. A felicidade do nosso irmão muitas vezes está em nossas mãos. Um perdão que nunca foi dito uma cicatriz que nunca foi sarada por falta de perdão. Ou até mesmo quando você quer se abrir mais tem receio por pensar que ele pode te julgar. E onde fica amará teu próximo como a ti mesmo?Em alguns momentos você vai precisar tirar os chinelos do seu irmão para Deus lavar os pés deles.Você que tem manchas guarde suas pedras, pois elas virão certamente. E Jesus fala para os atiradores tire a trave do teu olho antes de acusar o cisco do teu irmão. As suas pedras na vida dele só fazem com que ele construa a casa sobre a rocha e nesse caso quanto mais pedra melhor. Precisamos sim do perdão dos nossos irmãos, mais enquanto ele não vem vamos construindo, com as pedras, a casa sobre a rocha.

-
Aquele abraço,

Eu acredito na igreja que sabe quem Jesus é. Na igreja que acredita não apenas no poder, mas no caráter de Deus. Na igreja que não espera mais pelo melhor de Deus, pois sabe que Deus é o melhor em nós. Na igreja que vive em Jesus, existe Nele e para Ele, e por isso procura constantemente ser Ele em todo lugar.
Eu acredito na igreja que adora Jesus e só a Ele presta louvor. Na igreja que não possui outro deus e deuses. Na igreja que não sabe servir a dois senhores, pois ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Na igreja que sabe que a ênfase do Reino de Deus não são coisas, são pessoas.
Eu acredito na igreja solidária. Na igreja do pão nosso de cada dia. Na igreja que socializa o alimento. Na igreja que está pronta para servir. Na igreja que sabe que Deus está pronto para multiplicar o que temos para repartir. Na igreja que deseja viver em comunidade, pois só [com]unidade conheceremos as nossas necessidades.
Eu acredito na igreja que persevera, que não se dobra diante das benesses dessa vida. Na igreja que abraça a justiça e luta contra qualquer realidade de injustiça, porque Deus é justo e assim Ele quer que também sejamos. Na igreja que sonha com um mundo melhor e deseja fazer deste mundo um lugar muito melhor do que era antes.
Eu acredito na igreja terapêutica. Na igreja que procura entender as fragilidades da alma humana. Na igreja ninho. Na igreja que é conforto para as emoções feridas do ser humano. Na igreja que cria o ambiente para o Espírito de Deus realizar cura no coração das pessoas. Na igreja que sabe que não salva, mas é agente da Salvação.
Eu acredito na igreja que sabe que é igreja, que existe apesar de todos os pesares. Na igreja que existe para ser luz e sal num mundo corrompido. Na igreja que é lampejo de esperança. Na igreja que não se entrega, que não se rende, mas busca em todo tempo e em todo lugar, fazer o que Jesus faria se Ele estivesse em nosso lugar.
-
Ivan Cordeiro - Administrador, Teólogo e MBA em Liderança pela Faculdade Teológica Sul Americana - Londrina/PR. Idealizador do site Bom Líder.
Em meio a dores e gemidos silenciados pelo poder das muralhas das instituições, estou preso na solidão de ideais que não são mais valorizados. Permaneço marcado com as chagas causadas pelo poder da ortodoxia protestante e do “evangeliquez gospel”, que busca “almas-clientes” e impérios para jesus.
Em terras tupiniquins, estou-estamos nós rodeados pelas Igrejas-reinos, ou até mesmo dentro delas. Estamos maculados pela “inquisição” do espírito do poder. Inquisição que é silenciosa, caminha pelas vielas da vida e pelos des-caminhos medíocres e podres dos reinos pessoais, que eles chamam de igreja. Quando vemos... Fui-fomos atingidos pelas flechas desses “ungidos”. Flechas da indiferença, do preconceito, do fundamentalismo, da exploração e das falsas esperanças.
Igrejas e “ungidos” que após usarem os seus membros, como assim eram chamados, os desprezam e os colocam à margem. Pena que já se esqueceram das lágrimas, do sangue e da força que os Josés, as Marias e os Pedros – hoje, meros “Zé ninguém” – entregaram para a criação dessas comunidades, assim pensadas anteriormente, comum-unidade. Esses, agora marginalizados, pensavam na comunhão, no amor, no serviço, na “casa dos pobres”, não no império-gospel. Cooperavam para o Reino de Deus, mas, hoje são tratados como habitantes do deserto, falta-lhes a terra prometida – essa seria o poder? Hoje, diversas igrejas passam a ser utilizadas para planos pessoais, para visões míopes e para sustentar a graça comprada.
Igrejas que marcam, mancham e ferem os seus irmãos e irmãs. O que fazer nessas instituições onde o poder e a lama da vergonha estão presentes? O que fazer com a minha-nossas marcas? Porque permanecemos nesses reino-igreja-pessoais?
Permaneço pelo sorriso das crianças. Crianças do projeto “Portas Abertas” da Igreja Metodista de Piracicaba. Lá, não cultuamos em mega-templos, mas em baixo de árvores, símbolos do cumprimento do Reino semeado em esperança. Essas crianças desejam conhecer esse Deus que se faz amigo e constrói com elas uma história. Esse Deus que brinca, celebra a vida e defende os pequenos. Crianças que me levam a semear, mesmo com a dor da incerteza e da insegurança.
Estou na Igreja pela força, fé e esperança da minha mãe: Maria. Mãe que me revela o lado materno de Deus, o Deus-mãe. Maria que me ensinou o amor de Jesus, que me ensinou de forma bem Batista, o caminho da salvação. Maria-mãe que no cuidado acalma as inquietudes do Daniel que chora. Mulher que celebra com o menino dan, quando ele conta os seus sonhos. Mãe que entende, suporta, ama, perdoa, sonha, semeia, luta... Essa mulher que ajudou a construir Igrejas, a cuidar de pessoas e a levar boas novas em caminhões, em caminhonetes e em motos, me motiva a permanecer. Não permaneço pela instituição, mas pelos outros que choram, sofrem e precisam de uma olhar, mesmo que eu pareça um samaritano. Continuo, como ela me ensinou, pelo Totalmente outro, o Cristo, o Deus com cheiro de gente.
Permaneço pela memória do meu pai. Esse, para os ortodoxos protestantes, nem foi para o céu, pois não levantou a mão em um apelo para aceitar ao Cristo. Meu pai me ensinou a sorrir, a dançar, a ver a vida como local de festa, ao puro som de Luiz Gonzaga: “Que falta eu sinto de um bem...”. Quantas saudades... Por “painho”, aquele que nunca foi membro de uma denominação protestante, mas se relacionava com o divino, permaneço. Esse era um de seus orgulhos: um filho “crente”. Menino tímido que gostava de estudar e de ouvir as pessoas. Ainda bem que ele não viu o que a igreja tem feito desse e de tantos outros meninos sonhadores.
Permaneço pelos amigos que comigo sentem a dor e a tristeza desse evangelho opressor e vendido. Amigos que foram marcados pelos fundamentalismos, pelas inquisições, pelas ditaduras das “assembléias de membros”. Com e por eles prefiro seguir esse caminho, embora doa.
Ainda utópico e sonhador ando pela esperança e pela força da fé nesse Deus que se revela na promessa e no cumprimento do Reino: a vida plena para todos os seres humanos, a restauração da criação e a profunda relação entre Deus, os seres humanos e a natureza. Confio nesse Deus que nos amou e nos ama. Sigo com o Cristo, que caminha conosco, pois se fez gente. Permaneço sustentado no Espírito, fonte de vida para os meus-nossos ossos secos... Amém!
-
Daniel Souza é colunista do site Bom Líder, poeta e estudante de teologia na Universidade Metodista de São Paulo. Membro da Igreja Batista da Paulicéia, em São Bernardo do Campo e colaborador no Projeto "Portas Abertas" da Igreja Metodista em Piracicaba.

me ajuda, por favor...
as coisas não vão bem!
a cada dia eu percebo o quanto sou pequena,
o quanto sou dependente,
o quanto eu preciso das migalhas.
Espero por um lugar de descanço em Ti.


Aquele abraço,
Jesus, quero ficar contigo,
eu quero ser seu amigo...
Quero comer no teu prato,
Calçar os meus pés nos teus sapatos...
E arrastar...
Jesus, eu quero muito você...
Pegar tuas sandálias e esconder...
Esconder pra você não sair,
pois quero estar perto de ti...
Te abraçar...
Eu, quero deitar no teu colo...
Te contar tudo, tudo que eu sei...
Descansar recostado ao teu peito,
ouvindo o teu coração...
E me acalmar...
Jesus quero vestir sua camisa...
Com as mangas maiores que meus braços...
Correr pela casa ao teu encontro...
Me abandonar no teu abraço...
Te abraçar...

Deus te feito grandes coisas.
As pessoas têm sede, mas quem pede água é Ele.
Para dar água da vida eterna.
Ele deixa passar pelo deserto
só para fazer a primavera.
Ele deixa morrer,
para ressucitar.

Aquele abraço,
Admito que existem dias em que se eu pudesse escrever um artigo chamado “Por que ser solteiro é uma droga”, seria capaz de escrever muito. Dias em que toda a minha igreja parece estar repleta de casais felizes com seus lindos filhos, enquanto estou sentada sozinha. Ou quando recebo outro convite de casamento e não consigo imaginar quem eu poderia convidar para me acompanhar ou até mesmo quem seria a pessoa que poderia estar no altar comigo quando minha vez chegar.Felizmente, esta não é toda a história. Outro dia, Karen e eu (minha colega de quarto) aproveitávamos nossa tradição de sábado de manhã: panquecas de banana com chocolate, Karen vestida de calça de flanela e camiseta e eu de pijamas e de cabelo preso como a Pedrita, dos Flintstones. Enquanto nos sentávamos na frente da TV para assistir a uma reprise de nosso seriado favorito, olhei para ela, sorri e disse: “Você não está feliz por sermos solteiras?” Ela olhou para a forma como estávamos vestidas, a bagunça da cozinha, os homens lindos na televisão e, gargalhando, concordou comigo. Aqui estão outras razões pelas quais é bom estar solteiro: Liberdade - Depois de comer nossa cota de panquecas naquela manhã, percebemos o dia lindo que fazia lá fora. Karen olhou para mim e disse: “Duas palavras: Lago Michigan!” Uma hora depois estávamos no meu carro, com um frisbee no banco de trás, tênis nos pés, nosso café preferido na caneca térmica e a trilha sonora preferida em alto e bom som no carro com as janelas abertas. Em poucos minutos estaríamos respirando o ar fresco e gastando a cafeína acumulada na margem rochosa do Lago Michigan. Ahhh, a vida de solteira!!! Espontaneidade, Liberdade e Flexibilidade. São algumas das melhores coisas em estar solteira. Estar solteira permitiu que Karen, uma professora primária, dedicasse suas férias de verão ensinando crianças em um acampamento para crianças carentes. Estar solteira permitiu que minha amiga Cheryl viajasse para a Rússia para compartilhar sua fé com estudantes universitários. Permitiu que Julie tivesse tempo de criar o jardim mais bonito do subúrbio. E permitiu que eu visitasse minha amiga Christa na Alemanha, vivendo a experiência da viagem à Europa sem sentir falta de marido e filhos deixados em casa. É claro que em alguns momentos gostaríamos de ter a estrutura de jantares à noite e histórias para contar na hora de dormir, mas no momento estamos aproveitando ao máximo a flexibilidade de nosso dia-a-dia.Amigas casadas - Há alguns meses, fui almoçar com Carla e Annette, duas colegas de trabalho cristãs, ambas possuem casamentos que admiro. Conforme falávamos sobre o casamento de uma amiga que aconteceria em breve, a conversa chegou ao tema sexo. Permaneci em silêncio enquanto ouvia minhas amigas dizendo que nem sempre o sexo é uma experiência satisfatória. “Muitas vezes é estranho e bagunçado”, elas admitiam. Como mulher solteira em uma sociedade saturada pelo sexo, às vezes preciso ouvir isso. Ouvindo minhas amigas casadas ao longo dos anos, aprendi que o casamento não é sempre “chocolate e romance” ou a cura para todos os problemas. Minhas amigas não estão denegrindo a imagem de seus maridos, estão apenas falando sobre a realidade. Estar solteira tem seus dias difíceis, mas estas amigas me ajudaram a lembrar que a vida de casada também tem.Amigos homens - Temos nossa opinião e resposta para a tradicional pergunta: Homens e mulheres podem ser “apenas bons amigos”? Em minha vida especificamente, a resposta é sim. E estou feliz por isso! Porque sem a ajuda de homens como Ray e Max em minha vida, a falta de um marido ou namorado poderia tomar proporções ainda maiores. Conheci Ray em meu grupo de estudo bíblico, ele me inspira a conhecer mais a Deus, ora por mim e é amigo para a vida. Uma vez até compartilhou comigo seus dons de marcenaria quando eu tentava desmontar uma estante de livros para fazer algumas modificações na pintura. Conheci Max através de um contato de trabalho, nos falamos por telefone, trocamos energia criativa, contabilidade para nossos projetos e insights valiosos sobre o sexo oposto.Realmente creio que Deus trouxe estes amigos para minha vida. Se estivéssemos casados agora, não tenho certeza de que poderíamos ser amigos. Sei que não seríamos tão próximos como somos agora. Então, neste momento, nesta fase solteira de minha vida, estou aproveitando o tempo com os amigos.Sozinha - Nos primeiros oito meses após o final da faculdade, morei sozinha. O que poderia ter sido o tempo mais solitário de minha vida tornou-se um dos tempos mais preciosos. Eu orava em voz alta enquanto lavava a louça, cantava com o rádio ligado em volume alto sem ter vergonha, sentava para ler um bom livro e lia ininterruptamente por horas e horas. A riqueza deste tempo em minha vida é algo que eu não trocaria por nada: até mesmo os dias em que o silêncio realmente se tornou solidão. E mesmo naqueles dias, sem ter ninguém para conversar, eu clamava a Deus e sentia sua presença mais claramente do que se eu tivesse a distração do dia-a-dia de marido e filhos.Aprendi que estar sozinha em público também tem seus benefícios. No outono passado, fiz uma viagem de trabalho para Nova York, e estava sozinha. Minhas noites eram livres, a Broadway estava a poucos quarteirões de distância, então me enchi de coragem e fui assistir a um show sozinha. No intervalo, comecei a conversar com uma mãe que estava sentada ao meu lado. Descobri que ela e a família eram da Dinamarca e estavam passeando nos Estados Unidos pela primeira vez. Conversamos por alguns minutos e trocamos informações culturais interessantes. Na noite seguinte, saí para jantar em um restaurante italiano com uma mulher que conheci nos seminários de trabalho. Ela era de outro estado e, após o jantar, passeamos no Rockefeller Center e as pessoas observavam nossa conversa que tinha como tema o trabalho e nossas cidades de origem. Como eu não tinha que me adequar à agenda de ninguém, estava livre para fazer estes passeios espontâneos e interagir com pessoas interessantes. Karen (colega de quarto) e eu temos três outras amigas: Julie, Lisa e Ruth; nosso grupo é denominado de forma bem-humorada como “a gangue”. Estas são o tipo de amigas que me dão caronas para o aeroporto às 6 da manhã ou trazem sacos de dormir e pantufas quando vêm para meu apartamento assistir a um filme. Rimos juntas quando um namorado bateu o carro quebrando a cerca da casa de Julie; choramos juntas quando a saúde do avô de Lisa se deteriorou de forma rápida culminando em sua morte recentemente; celebramos juntas quando Karen comprou seu primeiro carro no ano passado. Há alguns anos até viajamos juntas para San Antonio, pois realmente precisávamos de férias.Precisei de tempo para desenvolver estas amizades próximas, mas ao olhar para trás fica claro que Deus colocou cada uma dessas preciosas amigas em minha vida. Sei que nossos vínculos serão modificados uma vez que maridos finalmente adentrarem a cena. Mas, até que este homem especial chegue à minha vida, sou grata por estas amigas especiais que ajudam a suprir algumas de minhas necessidades relacionais. E enxergar a forma como Deus trouxe cada uma delas para minha vida no tempo certo, renova minha fé de que se um marido faz parte do plano de Deus para mim, Ele fará o mesmo com este homem especial.Aproveite ao máximo sua vida de solteiro1. PergunteConverse com seus amigos casados e pergunte a respeito do que sentem falta, o que faziam quando eram solteiros. Seria uma noite de filmes e pipoca com os amigos? O tempo livre para fazer uma aula de fotografia? Aproveite estas oportunidades que se apresentam agora, para que você não se arrependa depois.2. Faça uma listaO que você sonha em realizar durante a vida? Escrever um livro? Viajar para a Itália? Participar de uma viagem missionária de curto prazo? Escreva tudo isso em uma lista, escolha uma delas para começar e vá em frente. Não permita que a espera por um marido ou esposa paralise sua vida. 3. OreEclesiastes 3 nos diz que existem propósitos específicos para cada fase da vida. Pergunte a Deus quais as coisas que Ele deseja que você faça ou que Ele quer que você aprenda enquanto está solteiro. Obedecer a estas coisas o trará para perto de Deus, o que tornará sua jornada muito mais enriquecedora.4. Invista nos outrosUma vez que você não está focando toda a sua energia relacional em um marido ou esposa, você tem muito para oferecer. Dar aulas na Escola Dominical, ajudar famílias carentes, vizinhos, amigos, pessoas que têm necessidades podem ser eternamente abençoadas através do seu envolvimento em suas vidas. E a alegria que você receberá ao ajudar e investir em outros, ajudará a preencher o vazio de seus dias solitários. 5. Siga em frenteHá muito para ser visto e feito neste mundo enorme, e agora é sua melhor chance de fazer isto. Uma viagem com seus amigos é sempre uma experiência que aprofunda os vínculos. E nunca é tarde demais para uma viagem de férias em família. Enriqueça sua vida alargando suas fronteiras. (Você nunca sabe quem vai conhecer pelo caminho...)
Mestre, o vento balançou meu barco
Mestre, estou à beira de um naufrágio
Mestre, será que não vês?
Será que eu vou perecer?
Sinto na pele o frio desse vento
Chego a crer que não estás me vendo
Lembro que estás logo ali
Na proa do meu barco a dormir
Eu sei que não estou só
E já posso crer que amanhã
Vai ser bem melhor
Só porque estás comigo...
Eu posso clamar
Eu acredito que eu não vou naufragar
Só porque estás comigo...
Eu posso clamarJá tenho fé pra descansar
Nas ondas de um bravo mar
Sim, eu posso clamar
Mestre, vem me ajudar
Eu sei que não estou só
E já posso crêr que amanhã
Vai ser bem melhor
Só porque estás comigo...
Quem é esse que até o vento e o mar lhe obedecem
Quem é esse que opera e milagres acontecem
Jesus... esse nome toda língua confessará
Jesus... céu e terra se prostram pra te adorar
Jesus... o presente que Deus enviou pra nós
Jesus... até o vento se cala pra ouvir tua
Ainda que nada mude eu vou continuar te adorando.
Ainda que os meus dias sejam poucos e não permitam que eu venha desbravar os tesouros ocultos desta vida.
Ainda que a minha voz seja desconsiderada por aqueles que tosquenejam diante do precipício.
Ainda que eu nunca conheça o sabor do caviar, a beleza do diamante, ou a sensação de ir a lua, testificar os seus mistérios.
Ainda que a morte arranque de mim aqueles que me formaram. Sim, os que planejavam o meu futuro, quando eu ainda nem mesmo cérebro tinha.
Ainda que não creiam em minha pregação.Ainda que minha saúde se disperse de mim sem a esperança de retornar.
Ainda que eu erre por alguns segundos, seja injusto por um minuto, e como conseqüência disto fique sem resposta por uma hora.
Ainda que o meu chamado seja questionado e o meu discurso posto a prova.
Ainda que a terra não seja generosa para comigo negando-me os frutos das sementes que nela semeei.
Ainda que pensem que eu penso o que pensaram os pensadores a respeito do criador, quando pensavam que poderiam pensar o impensável.
Ainda que a religião me pareça mais brilhante do que o caráter de sua missão.
Ainda que minha porção neste século seja menor que minhas expectativas.
Ainda que os meus amigos digam: “amaldiçoa teu Deus e desista”.
Ainda que tenha de ouvir do próprio mestre: “você não quer me deixar também?”
Ainda que chegue o tempo da velhice e eu não veja a promessa se cumprir, como foi com Abrão.
Ainda que mais tarde eu descubra que muitos dos meus sonhos para esta vida, foram simplesmente sonhos.
Ainda que a igreja não corresponda os meus anseios de pastor.
Ainda que eu perda ou perca valores e companhias que complementam minha felicidade.
Ainda que eu veja a injustiça galgar espaços, nos palácios, nos templos, em lugares onde ela não deveria se quer passar por perto.
Ainda que a minha alma se canse e dê sinais de desistência.
Ainda que os meus valores não sejam percebidos nem haja reconhecimento algum do meu serviço.
Ainda que o mundo me ofereça bens, dinheiro, fama, enfim, coisas que nem mesmo Deus me ofereceu.
Ainda que, alguém zombe ou despreze as singelas linhas que aqui escrevi.
Ainda assim, amarei o meu Deus de todo o coração e reterei firme a confissão da minha esperança.
Gilaelson Santos
o Papai, as coisas estão díficeis... ;/
"O mesmo Jesus que andou em Jerusalém.
O mesmo Jesus que andou pela Judéia.
O mesmo Jesus que andou em Jericó.
É o mesmo Jesus que está aqui agora.
É o mesmo Jesus que está aqui agora.
Sara-me, cura-me.
Basta uma palavra que saia do teu trono de amor.
Filho de Davi tenha compaixão de mim,
Assim como Bartimeu quero ser curado.
Jesus quero ouvir tua voz:

"Toma teu leito e anda, a tua fé te salvou."
Um meio ponto no universo.

Tua Graça me basta!

Aquele abraço,
" pois em determinado momento você fica tão bombardeado que nem tem tempo para sentir as dores. Parecia que estava jogando uma pelada, me rasgando todo, machucando os dedos, caindo, mas só vai sentir os efeitos na hora de tomar banho. Ai é que vai doer tudo, principalmente quando se deita na cama e não se consegue levantar no dia seguinte. Foi um corredor polonês tão intenso que eu nem tive tempo para sentir as dores, e você vai sobreviver as pancadas, e depois disto vai entrar num processo de verificar onde está doendo, e tem todas as outras coisas relacionadas. " Caio Fábio
video
Um amigo meu me perguntou:
"-Jam, quais são os seus sonhos?"

Ai eu disse:

Como serva de DEUS?
Sabe escutar as pessoas, amar essas pessoas, saber dar o conselho na hora certa..
saber ter o melhor abraço... para essas pessoas se sentirem cuidadas!!
Como Mulher?
Encontrar alguém que me complete!
Como uma estudante de economia?
Ter um emprego estável, ser sempre uma empreendedora.
Como Filha?
Tratar sempre meus pais com prioridade
pois eles merecem o melhor desse mundo.
Como Publicitária?
Administrar bem o Guia Elos e fazer com que ele chegue em mãos certas!!
Como Amiga?
Está pronta a servir! Sempre!

Talvez esses são os meus Impossíveis...
Mas Deus pode!
Olha Deus falando contigo
Nada e nem ninguem passará por cima de você
Tu és Vaso do Senhor nada ficará como está
Chegou o tempo em que o Senhor
tem olhado pra você
O Tempo de Deus movendo céus e
terra em teu favor
O Tempo de fechar a boca do Leão
O Tempo de Deus entrar na fornalha contigo
O Tempo de você orar e parar o Sol
O Tempo de Você Tocar na Rocha
Ela produzir água
O Tempo de Você profetiz
Ossos se ajuntarem
O Tempo de Você Colocar seu cajado
no mar ele se abrir
O Tempo de você Andar sobre Aguas
O Tempo de você multiplicar os pães
O Tempo de Deus nascer em ti
O Tempo de satanás ver o brilho da Glória de Deus
Deixe o Tempo de Deus se Cumprir
Tudo que Ele prometeu Ele cumprirá
Porque D'ELE e por ELE e para
ELE são todas as coisas.
Muitas vezes quando me deparo com o texto de I co 13. me faço a seguinte pergunta: será que eu sou capaz de amar alguém? ou melhor: será que alguém além de Jesus conseguiria preencher tais requisitos do amar?O texto nos diz que o amor é paciente, o amor é bondoso, não inveja, não se vangloria, não se orgulha, não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca morre...Depois de refletir sobre esse texto descobri que nunca amei ninguém. Na verdade, eu nunca amei de tal forma.Gostei de muitas pessoas, simpatizei com muitas outras; mas nunca vivi essa misteriosa invenção de Deus de uma maneira tão completa e intensa como a que o texto relata.Esse texto também me faz lembrar de todos meus relacionamentos pessoais. Me fez ver quantas vezes desisti de amigos não porque não deviam ser meus amigos mas simplesmente porque eu não os amava. Quantas vezes abdiquei de manter um relacionamento bonito e consistente com minha família pelo simples fato de não tomar posicionamentos de alguém que ama.Quantas vezes não fui bondoso com alguém que dizia amar. Quantas vezes me orgulhei diante de pessoas as quais eu realmente “amava”. Meu Deus! O que é o amor? Será que posso vivê-lo da maneira como tú me ensinas em tua palavra?Percebi o quanto de oportunidades de amar eu havia perdido durante essa primeira fase da minha existência ao ler esse texto. Como que num filme vi quantos relacionamentos das mais variadas espécies eu desisti por não SUPORTAR; lembrei-me de quantas vezes “fui embora” por não querer ESPERAR pelas portas que o Senhor iria abrir. Também me recordo de muitas vezes que não obtive harmonia em meus relacionamentos pelo simples fato de não CRER no que me falavam ou não CRER que todo aquele sonho daria certo e seria abençoado por Deus.Realmente muita coisa ficou para traz porque eu não havia entendido o que era amor. E ainda me lembro de algumas vezes que me IREI com extrema facilidade com pequenos erros do outros enquanto muitas vezes que fui elogiado ou recebi qualquer manifestação de afeto, simplesmente dei um sorriso ou um insosso obrigado. E aí vem outra pergunta: Por temos mais facilidade de nos irarmos do que de nos alegrarmos? Por que uma crítica me deixa mais chateado do que um elogio me deixa alegre?Que isso nos faça refletir a nossa vida cotidiana, nossos relacionamentos, bem como nosso modo de ser e agir, para com Deus e para com os que nos cercam.
Escrito por Toni Melo
Não se pode pensar em espiritualidade sem pensar em transformação.
A fé sem obras é morta!
A transformação da vida, a conversão do coração e o serviço ao outro.

grande maioria dos equívocos da nossa vida acontecem no primeiro sentimento. Os pecados a que cedemos, normalmente nos vencem por não pararmos para repensar quem Deus é, e o que Ele significa para nós.

Tiago 1.19: “Portanto, meus amados irmãos, todo o homem (e toda mulher) seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar”. Assim, podemos perceber que a nossa “rapidez” pra algumas coisas é extremamente prejudicial às nossas vidas, e que a nossa “lentidão” para decidir, dar respostas, e para acender o pavio da nossa ira é extremamente útil em momentos de adversidades.

pessoas erram muito mais por se precipitarem do que por esperarem. Eu quero ter calma, eu quero esperar, eu quero dar novas chances a mim e as pessoas que me cercam. Enfim, eu quero aprender a repensar.

admirar a capacidade de Deus de gerar coisas tão profundas e significantes em momentos de dor e deserto pessoal. Fico impressionado como ele consegue usar o nada, o seco, o vazio, o fraco, o pobre, para construir e edificar seu Reino e nos transformar enquanto nos usa para transformar a vida de outros. É... é realmente engraçado e interessante isso...

o nosso maior exemplo é Jesus, que tinha uma surpreendente intimidade com o pai, e que ao mesmo tempo era possuidor de uma enorme simplicidade e autenticidade de vida. Nunca o vi muito preocupado se havia passado uma hora ou uma hora e trinta minutos no monte orando. Ele simplesmente se retirava e ia “estar” com o Pai. Isso era tudo! Não havia marketing e nem grandes misticismos em torno disso.

“a ver oração mais como uma amizade do que como uma disciplina rigorosa. A oração começou a tornar-se mais um relacionamento e menos uma realização” livro “Orar com Deus”, do James Houston.

Creio que Ele deseja fazer da oração não um amuleto pra se conseguir poder e sim um instrumento que nos leve a um relacionamento mais íntimo com Ele. Orar é se relacionar com Deus, é, como Jesus, estar com o Pai, desfrutar de sua presença, ouvi-lo e também ser ouvido; se calar muitas vezes, e também outras, apenas chorar... e ter as lágrimas enxutas pelo espírito...

Quero ser cristão, porque isso não é um rótulo e sim um perfil, uma característica, uma marca! A marca daqueles que foram comprados pelo sangue de Jesus e que agora, depois de limpos e salvos procuram viver da forma como seu mestre viveu na Terra.

Quero voltar à bíblia e ao real significado da palavra de Deus para minha vida! Renunciar às interpretações tendenciosas e fundamentalistas que tentam forçar as pessoas a servirem ao Senhor através do medo e do terror!

Quero ser apenas cristão... Alguém que luta contra o pecado, não por medo e sim por amor; amor àquele que numa cruz derramou muitas gotas de sangue por mim, e que me mostrou que Deus pagou um preço muito alto para se relacionar comigo e me fazer um pouco mais parecido com ele. Quero ser cristão... Alguém que tenta a cada dia amar mais a Deus e também aos que me cercam... e ponto. Nada mais que isso.
O medo vem para me afastar de ti
E os meus olhos já não conseguem te ver
Um vento forte abateu meu coração
Mas a minha esperança está em Ti.

Senhor Jesus para onde eu irei
Pois só Tu tens palavras de vida eterna
Vem me tirar da tempestade, Senhor
Vem me socorrer, quero segurar em Tuas mãos

Leva-me para perto de Ti
Envolve-me com Teu amor
E me faz andar sobre as águas, Senhor

Eu sei que não falharás
De geração em geração Tu és
O Deus da minha salvação.

Nara Marcílio
As nossas orações chegam ao céu, sem dúvidas.
Obrigada Senhor.

Aquele abraço,
Gêneses 6 – 9; 22 / 7 / 8 / 9

A história de Noé e do dilúvio relata o que aconteceu com a humanidade devida sua desobediência para com Deus. O senhor havia se arrependido de ter colocado o homem na terra, pois este era carnal e a maldade estava se multiplicando. O gênero humano não poderia continuar neste estado de perdição e assim Deus resolveu destruir toda a terra. Logo que começa a história de Noé o texto nos mostra que ele era um pai de família, homem direito, que sempre obedecia e era o único que estava em comunhão com Deus. Naquela época o Senhor estava arrependido de ter criado a raça humana, pois as pessoas eram más e sempre pensando em fazer coisas erradas.
Noé começou a construção da arca e todos zombavam dele, pois não acreditavam em suas histórias de destruição do mundo, mas mesmo assim, ele acreditou e obedeceu a palavra de Deus. "Ninguém nunca viu a Deus. Somente o Filho único, que é o mesmo que Deus e está perto do Pai, foi quem nos mostrou quem é Deus." (Jo. 1.18 BLH) Ele não via, mas sentia. Eu imagino isso nos dias de hoje quando você tem um sonho e as pessoas zombam, não acreditam. Isso me lembra a história de Ana quando ela orava a Deus pedindo um filho (Samuel), um homem passou e achou que ela estava bêbada e começou a dizer mulher porque você bebeu, mas ela disse não eu estava orando. E é assim que acontecem as pessoas elas não sabem o que estamos fazendo, o que queremos nos acham doidas, zombam. Igual aconteceu com Noé.
Uma coisa que me chama atenção no texto é que Noé não entrou na arca sozinho a família dele entrou com ele. Ele era o escolhido - mais ele liderava, carregava e era responsável pela família dele. Talvez até a família dele fossem também pessoas más, no entanto Deus falou: (verso 18) - Eu vou fazer uma aliança contigo, portanto entre na barca e leve sua família. Por isso que muitas pessoas falam quando você adora sua família é tocada. Eu acredito que quando você serve ao senhor você tem uma família que depende de você, depende da suas orações, uma família que você leva figuradamente nas costas. Podendo ser a família de sangue ou uma família adquirida na caminhada da fé. Existem pessoas que depende de você, que olha para você e ver a semelhança de Cristo, que espera de você sempre atitudes Dele. Ai você me pergunta mais eu tenho apenas 10 anos de idade, no entanto quando você diz: - Papai do céu abençoa minha mãe, meus irmãos, meu pai que estar no trabalho, Deus lhe diz: ora meu filho, pode orar, pois teu é o meu reino.
Quando o Senhor pediu a Noé que entrasse na arca ele falou para que colocasse de cada espécie dois. E eu fico imaginando para quer Deus precisava dos animais? Porque ele sabia que Noé iria precisar quando terminasse o dilúvio. (Nesse modo eu me lembro da Santa Ceia Jesus iria morrer e fez uma festa um dia antes, desta vez iria acontecer um dilúvio e Deus estava vendo o futuro: - Olha guarda uma galinha, pois irá ter festa daqui um tempo, vamos fazer uma galinha assada). Sabe o motivo disso, DEUS se preocupa com nossas necessidades, se preocupa com o nosso futuro, com o vestibular, com o namoro, com as contas a serem pagas, se preocupa com você, com o que você precisa para ser feliz. Ele sabia que Noé iria precisa daquilo assim que o dilúvio acabasse.
(Cap 7;5)Diz que Noé foi obediente em tudo. A obediência é algo que nunca devemos deixar de ter. Isto me lembra muito um provérbio: "Filho meu, ouve o ensino de teu pai e não deixes a instrução de tua mãe. Porque será diadema de graça para a tua cabeça e colares, para o teu pescoço." Pv 1.8,9; (Acredito de verdade que Noé se lembrou disso. – figuradamente-) Pois quem não é obediente as autoridades, á seus lideres, como vai ser a DEUS?
A necessidade de Noé daquele tempo era construir uma arca para agüentar o dilúvio. Noé fez tudo como Deus mandou. Ele mandou Noé construir arca e deu todas as instruções como se fosse uma bíblia para construções de arcas. No entanto Deus deixou uma bíblia aqui na terra, inspirada por Ele, para nos construirmos o nosso caráter, mas o que ocorre que muitos tentam economizar na madeira tenta tirar as janelas e acrescentar portas onde Deus não pediu. Interpretam como bem querem, mas no fundo sabe, pois o Espírito Santo conduz a uma verdadeira identidade. Deus está mais interessado em seu caráter do que em seu conforto, Ele está mais preocupado com sua santidade do que com sua felicidade. Eu fico aqui imaginando se Noé fizesse a arca do modo dele será que ela agüentaria um dilúvio? Será que você construindo sozinho uma arca ela agüentaria 40 dias chuvas fortes?
(verso 6) Mostra que Noé já era um homem velho que tinha debilidades, que não anda mais sem bengala, que tinha dores na coluna, que sentia um mal estar quando pegasse peso, dor de cabeça, talvez pouca visão, no entanto ele fez tudo como DEUS ordenou sem reclamar nos mostrando que mesmo sendo difícil fazer a vontade de DEUS, mesmo que ela não seja a nossa vontade, que seja contraria a nossa escolha ( Ah, tenho um chamado para limpar o banheiro da igreja), mesmo assim ele obedeceu e foi salvo.
(verso 16) Noé já tinha feito tudo construído à arca, trabalhando, suando e DEUS vai lá e fecha a porta da arca para mostrar eu estou aqui, estou cuidando de você, eu mandei e você me obedeceu e eu estou presente. Ele mostra que quando ele estiver em algo que ele começou ele vai até o fim ele te protege e cuida de você. “Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo;” Filipenses 1:6
(verso 24) Só cento e cinqüenta dias depois é que a água começou a baixar. Ai eu penso mais DEUS todo poderoso assim que todas as pessoas más morressem Ele não poderia baixar água imediatamente e Noé descer com sua família? Porque demorou tanto? Acredito que Noé não era perfeito que Deus precisasse fazer um tratamento com ele dentro da Arca, mesmo você sendo servo do senhor há 20 anos ele tem algo novo para você, sempre. Mesmo você sendo o verdadeiro adorador, o líder de jovens, o líder do louvor, mesmo o pastor. Isso me lembrou muito um livro – A cabana, que um homem teve uma grande perda e DEUS o leva para o local onde aconteceu tudo, para tratar dele. Deus pega na ferida e faz como uma enfermeira limpa cuida passar o remédio no local, arde um pouco, dói, mas você é curado. E foi isso que DEUS fez com Noé demorou de baixar as águas para ele ser transformado em alguma área da sua vida. É Igual passar pelo deserto 40 anos, Deus tem o poder para mudar isso em um segundo, no entanto você precisa ser curado para saber aproveitar a primavera.
(cap. 8; 15) Deus diz: - Noé sai da arca. Deus fechou a porta e agora manda Noé sair, ele estava no começo e no fim. Na hora da tristeza e da alegria. Na hora que você pediu o colo, que quis o afago e no momento que recebeu o resultado do vestibular, do emprego novo, do nascimento do primeiro filho. Noé tinha soltado um corvo e este não retornou à arca. Passados alguns dias, Noé soltou uma pomba e esta retornou. Passados mais alguns dias, Noé soltou novamente uma pomba e esta retornou com uma folha nova de oliveira. Noé tinha visto a água tinha baixado e mesmo assim ele esperou Deus mandar sair confirmando a Noé que estava tudo bem, que ele podia ir tranqüilo Deus estava com ele. Tem momentos que precisamos escutar primeiro a voz de DEUS, mesmo que tudo parece perfeito, o caminho é lindo, mas é preciso que DEUS confirme no coração, é preciso escutar a voz de DEUS. (Não, mas esse menino é crente, lindo, não tem como não ser ele.) Escuta a voz de Deus. A paz Dele te conduz.
(verso 20) Noé agradecido por tudo que o Senhor tinha feito com ele constrói um altar para oferecer a DEUS um sacrifício. Se isso fosse hoje o sacrifício não seria assim, pois a salvação é pela graça, mas DEUS iria te pedir um “sacrifício” grande seja obediente com seus pais tratem bem seus irmãos, trate bem as pessoas, pois elas são minhas filhas, o maior sacrifício é olhar para o seu irmão cheio de defeitos, como você, e o amar como a si mesmo.
(cap. 9; 13) Deus diz: o sinal da aliança que eu tenho com vocês é o arco-íris, quando eu cobrir de nuvens o céu e aparecer o arco-íris eu me lembrarei da aliança que eu fiz um vocês e com os animais. Com os animais? Deus se lembra da suas necessidades, da festa depois das tribulações DEUS tem um compromisso com você e as promessas que ele te deu. Ele tem um compromisso com a sua casa, com sua família, com os nomes que você apresenta para ele e com tudo que você coloca diante dele.
A história de Noé me impressiona muito e eu sempre peço a Deus para ele me colocar na arca do amor dele, para me proteger e que eu só saia de lá quando eu estiver pronta para Ir. Deus precisa do seu compromisso ele precisa que você vá. Ide por todo o mundo e pregai o evangelho. Quando as pessoas escutam Ide eles pensam (sair, deslocar), mas esse - ide é uma ação é fazer, é mudar, o ide começa dentro de você mude primeiro, e depois cumpra com a missão que lhe foi dada, vá, vá sem distinção sem olhar a quem. Ame como a si mesmo, foi isso que Noé fez ele foi.


Hebreus 11:7 - Pela fé Noé, divinamente avisado das coisas que ainda não se viam, temeu e, para salvação da sua família, preparou a arca, pela qual condenou o mundo, e foi feito herdeiro da justiça que é segundo a fé.

Sabe o que eu queria agora, meu bem...? Sair chegar lá fora e encontrar alguém Que não me dissesse nada Não me perguntasse nada também Que me oferecesse um colo ou um ombro Onde eu desaguasse todo desengano Mas a vida anda louca As pessoas andam tristes Meus amigos são amigos de ninguém. Sabe o que eu mais quero agora, meu amor? Morar no interior do meu interior Pra entender porque se agridemSe empurram pro abismoSe debatem, se combatem sem saber Meu amor...Deixa eu chorar até cansar Me leve pra qualquer lugar Aonde Deus possa me ouvir Minha dor...Eu não consigo compreender Eu quero algo pra beber Me deixe aqui pode sair. Adeus...

A pior parte de estar solteira é o sábado à tarde. Não existe dia pior. O que se faz aos sábados à tarde, shopping, cinema, pipoca, sorvete, menos ficar em casa sem fazer nada.
E ainda mais quando se tem uma gripe te sufocando e você necessitando de cuidados, de carinho e muitaaaa atenção!
Sabe aquela história que todo homem tem que ter filhos, plantar uma arvore e escrever um livro. Tava querendo começar pela ultima, estou pensando seriamente.

Aquele abraço.

O amor é filme Eu sei pelo cheiro de menta e pipoca que dá quando a gente ama Eu sei porque eu sei muito bem como a cor da manhã fica Da felicidade, da dúvida, dor de barriga É drama, aventura, mentira, comédia romântica

Um belo dia a a gente acorda e hum...Um filme passou por a gente e parece que já se anunciou o episódio dois É quando a gente sente o amor se abuletar na gente tudo acabou bem, Agora o que vem depois
É quando as emoções viram luz, e sombras e sons, movimentos E o mundo todo vira nós dois,Dois corações bandidos Enquanto uma canção de amor persegue o sentimento O Zoom in dá ré e sobem os créditos O amor é filme e Deus espectador!

Certos filmes têm histórias que por si só já valem a ida ao cinema. Este é o caso de O Curioso Caso de Benjamin Button. O filme conta a história de Benjamin.
Imagine se quando ao nascermos tivéssemos 80 anos?
É isso acontece com Benjamin Button, um homem que nasce com 80 anos e na medida em que os anos vão passando, começa a rejuvenescer. Benjamin conhece o amor aos 50 anos de idade quando se apaixona por uma mulher mais jovem. A partir daí, o casal viverá um dilema, pois ele ficará mais moço e ela, mais velha. Então, como viver esse amor, já que a diferença das idades se distanciará cada vez mais?
Não vou contar o final, pois quero que todos assistam.

Aquele abraço.
'eu tenho tanta alegria, adiada, abafada, quem me dera gritar, to guardando pra você!!
Só pra vc!! x)' b. Sales
Lareira pra acender
Um céu pra se olhar
E tudo está tranqüilo por aqui
Você vai me vencer
Eu vou me apaixonar
Não há mais o que decidir
Dos nossos lábios todas as palavras nada dizem
Aos nossos olhos tudo o que já vimos foi vertigem
E é tudo tão real
Mas nada normal
Te lembro e já me sinto ao seu lado, no seu mundo
Me identifico com você de um jeito tão profundo
E é tudo tão real
Mas nada normal
A relação entre o homem e o mar é interessante. As mulheres tomam sol de todos os lados usando protetores solar, alguns homens ficam jogando o vôlei, mas na verdade o mar fica esperando por você. Outras pessoas até entram no mar, no entanto superficialmente ali no raso. Mas Deus que algo diferente ele quer você completo com profundidades. O Senhor nos quer mergulhando profundamente nele.
Alta madrugada vai, já estou deitado, mas
Ouço Deus me chamar
Sua voz suave é como um sussurro
Ouço Deus me chamar
Meu coração se aperta, eu ando tão cansado
Tenho trabalhado tanto...
Meu coração se aperta ao ouvi-Lo me chamando
Me chamando, me chamando, me chamando, me chamando
Eu vou, já "tô" indo ao
Teu encontro, Senhor,
Vou correndo ao Teu encontro
Nem que seja pra ficarmos em silêncio a sós, Senhor, só nós!
Nem que seja simplesmente pelo prazer de ouvir Tua voz.
Não há como desprezar o Teu chamado
Não há como rejeitar Sua Presença
Meus amigos separados não cansam de me perguntar como eu consegui ficar casado trinta anos com a mesma mulher. As mulheres, sempre mais maldosas que os homens, não perguntam a minha esposa como ela consegue ficar casada com o mesmo homem, mas como ela consegue ficar casada comigo.
Os jovens é que fazem as perguntas certas, ou seja, querem conhecer o segredo para manter um casamento por tanto tempo.
Ninguém ensina isso nas escolas, pelo contrário. Não sou um especialista do ramo, como todos sabem, mas, dito isso, minha resposta é mais ou menos a que segue.
Hoje em dia o divórcio é inevitável, não dá para escapar. Ninguém agüenta conviver com a mesma pessoa por uma eternidade. Eu, na realidade, já estou em meu terceiro casamento - a única diferença é que me casei três vezes com a mesma mulher. Minha esposa, se não me engano, está em seu quinto, porque ela pensou em pegar as malas mais vezes do que eu.
O segredo do casamento não é a harmonia eterna. Depois dos inevitáveis arranca-rabos, a solução é ponderar, se acalmar e partir de novo com a mesma mulher. O segredo no fundo, é renovar o casamento, e não procurar um casamento novo. Isso exige alguns cuidados e preocupações que são esquecidos no dia-a-dia do casal. De tempos em tempos, é preciso renovar a relação. De tempos em tempos, é preciso voltar a namorar, voltar a cortejar, voltar a se vender, seduzir e ser seduzido.
Há quanto tempo vocês não saem para dançar? Há quanto tempo você não tenta conquistá-la ou conquistá-lo como se seu par fosse um pretendente em potencial? Há quanto tempo não fazem uma lua de mel, sem os filhos eternamente brigando para ter a sua irrestrita atenção?
Sem falar nos inúmeros quilos que se acrescentaram a você, depois do casamento. Mulher e marido que se separam perdem 10 quilos num único mês, por que vocês não podem conseguir o mesmo? Faça de conta que você está de caso novo. Se fosse um casamento novo, você certamente passaria a freqüentar lugares desconhecidos, mudaria de casa ou apartamento, trocaria seu guarda-roupa, os discos, o corte de cabelo e a maquiagem. Mas tudo isso pode ser feito sem que você se separe de seu cônjuge.
Vamos ser honestos: ninguém agüenta a mesma mulher ou marido por trinta anos com a mesma roupa, o mesmo batom, com os mesmos amigos, com as mesmas piadas. Muitas vezes não é sua esposa que está ficando chata e mofada, são os amigos dela (e talvez os seus), são seus próprios móveis com a mesma desbotada decoração. Se você se divorciasse, certamente trocaria tudo, que é justamente um dos prazeres da separação. Quem se separa se encanta com a nova vida, a nova casa, um novo bairro, um novo círculo de amigos.
Não é preciso um divórcio litigioso para ter tudo isso. Basta mudar de lugares e interesses e não se deixar acomodar. Isso obviamente custa caro e muitas uniões se esfacelam porque o casal se recusa a pagar esses pequenos custos necessários para renovar um casamento. Mas, se você se separar, sua nova esposa vai querer novos filhos, novos móveis, novas roupas, e você ainda terá a pensão dos filhos do casamento anterior.
Não existe essa tal "estabilidade do casamento", nem ela deveria ser almejada. O mundo muda, e você também, seu marido, sua esposa, seu bairro e seus amigos. A melhor estratégia para salvar um casamento não é manter uma "relação estável", mas saber mudar junto. Todo cônjuge precisa evoluir, estudar, aprimorar-se, interessar-se por coisas que jamais teria pensando fazer no início do casamento. Você faz isso constantemente no trabalho, por que não fazer na própria família? É o que seus filhos fazem desde que vieram ao mundo.
Portanto, descubra o novo homem ou a nova mulher que vive ao seu lado, em vez de sair por aí tentando descobrir um novo e interessante par. Tenho certeza de que seus filhos os respeitarão pela decisão de se manterem juntos e aprenderão a importante lição de como crescer e evoluir unidos apesar das desavenças. Brigas e arranca-rabos sempre ocorrerão: por isso, de vez em quando é necessário casar-se de novo, mas tente fazê-lo sempre com o mesmo par.
Stephen Kanitz é administrador por Harvard (www.kanitz.com.br)
'Aonde eu irei Senhor?
Pois só
Tu tens as palavras de vida eterna
Onde me esconderei?
Tu és o ar que eu respiro
Tua presença me atrai'

Me ensina a ouvir teu coração!! ;**
Meu bem, eu tô pedindo a sua mão Então case-se comigo numa noite de luar Ou na manhã de um domingo a beira mar Diga sim pra mim Case-se comigo na igreja e no papel Vestido branco com bouquet e lua de mel Diga sim pra mim Ahhh , Sim pra mim Prometo sempre ser o seu abrigo Na dor, o sofrimento é dividido Lhe juro ser fiel ao nosso encontro Na alegria,a felicidade vem em dobro Eu comprei uma casinha tão modesta Eu sei, você não liga pra essas coisas Te darei toda a riqueza de uma vida O meu amor.

Tao pouco tempo pra dizer que sim Ou muito menos pra deixar no nao Voce se foi e me deixou assim Sem um pedaco do meu coracao Lembrei do dia que te conheci Lembrei de quando segurei sua mao Por que e que tudo tem ser assim Lembrei de quando vi voce partirM as se voce voltar Tras de volta meu coracao Mas se voce voltar Nao esquece do meu coracao Que nao quer parar Teima em bater Por voce

As pequenas coisas que você faz para mim estão me conquistando Eu quero mostrar para você tudo que está dentro de mim Como um coração nervoso que está batendo loucamente Meus pés estão presos aqui, contra o calçamento Eu quero me libertar, eu quero fazer isso perto dos seus olhos Conseguir a sua atenção antes que você passe por mim Apoie, apoie Conquiste outra oportunidade Não estrague, estrague Eu não quero te perder Desperte, desperte Isso não é simplesmente uma coisa para que desista, desista Não diga que eu seria melhor longe Melhor longe que sentada sozinha me perguntando se eu estaria melhor Estaria melhor sem você, garoto E toda vez que você me nota, me abraçando apertado E dizendo coisas meigas Eu não acredito que você estaria sendo sincero e dizendo a verdade Meus pés estão livres e eu estou partindo Eu não vou ficar aqui me sentindo sozinha Mas eu não me arrependo E não acho que isso foi só um desperdício de tempo.
Apenas não me deixe esperando Apenas não me deixe esperando
The Little Things
Colbie Caillat
'tem momentos que não tem mais nada a falar, quem sabe há algo para se escutar...
mas nada vem, nem o som dos passaros chegam, nem o trem, nem
aquela música toca mais...'

Se você for ficar em casa

Eu vou pra aí

Se você jurar que espera

Eu vou pra aí

E a gente se juntando

Isso não vai passar

Mas se você quiser fugir

Só me diz pra onde você vai

Amar é sempre ser vulnerável. Ame qualquer coisa e certamente seu coração vai doer e talvez se partir. Se quiser ter a certeza de mantê-lo intacto, você não deve entregá-lo a ninguém, nem mesmo a um animal. Envolva-o cuidadosamente em seus hobbies e pequenos luxos, evite qualquer envolvimento, guarde-o na segurança do esquife de seu egoísmo. Mas nesse esquife – seguro, sem movimento, sem ar - ele vai mudar. Ele não vai se partir – vai tornar-se indestrutível, impenetrável, irredimível. A alternativa a uma tragédia ou pelo menos ao risco de uma tragédia é a condenação. O único lugar ... onde se pode estar perfeitamente a salvo de todos os riscos e pertubações do amor é o inferno.
Quem ama colore o vento, perfuma o sol, tempera as horas. O amor forja as pessoas sem as deixar cretinas. O amante não cogita, logo inexiste. Ilógico, não é convidado para a roda dos exatos.Quem ama espera. Todo amante é ingênuo, sempre a cometer atos falhos. Imprecavido, deixa-se apanhar em repetidos flagrantes. O amor não se protege, embora resista, mesmo sob tortura.
Quem ama obedece, cumpre, aceita. O amante corre, chega por último, mas se sente o vencedor. Vassalo, aceita sem perguntar e obedece a ordem que nunca lhe foi dada. Imprudente, abre mão das preferências, cede lugar, divide jugo, lava pés.
Quem ama perde o medo. Os amantes desdenham do tempo. O ócio não lhes é pecado. Consideram ganhos, uma tarde perdida na beira da praia, uma semana enterrada entre os pobres, um mês gasto na clínica odontológica.
Quem ama transgride. O amante é um eterno contraditório. Pela amada, desdiz o que aifrmou categoricamente. Rasga leis (até as divinas) para evitar um apedrejamento. Misericordioso, assume-se como tolo. Abraça a prostituta indigna, perdoa o ladrão contumaz, aposta no covarde, e janta com o seu traidor.
Quem ama sofre. Amor e paixão nascem de um mesmo ninho. Não existe amante tranquilo. Vulnerável, arrisca-se a sofrer abandonos. Impotente, recusa-se a manipular. Amarga rejeições, sonha com retornos pródigos e não se conforma com a ingratidão.
Quem ama conversa com as estrelas, diz que as paredes ouvem e questiona os espelhos. Ridículo, insiste em escrever cartas que nunca podem ser publicadas. O amante enxerga beleza em véus encardidos, folhas secas, águas paradas, prados amarelecidos, dias chuvosos.Quem ama vê Deus em um pobre. O amante se sente bem entre idosos e viúvas. Seus anjos não voam e não ostentam força, apenas compaixão. Sensível, agoniza com a dor alheia. Honesto, não simula onipotência. Humilde, não propandeia seus avanços pessoais.

Quem ama conhece a Deus e é nascido de Deus.
" pode até ser perfeito, se não completar de nada vale.'
Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou.Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo, é renovar as esperanças na vida e, o mais importante, acreditar em você de novo. Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado. Chorou muito? Foi limpeza da alma. Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia. Sentiu-se só por diversas vezes? É porque fechaste a porta até para os anjos.Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da tua melhora.Pois é... agora é hora de reiniciar, de pensar na luz, de encontrar prazer nas coisas simples de novo.Um corte de cabelo arrojado diferente, um novo curso, ou aquele velho desejo de aprender a pintar, desenhar, dominar o computador, ou qualquer outra coisa.Olha quanto desafio, quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando... Tá se sentindo sozinho? Besteira, tem tanta gente que você afastou com o seu "período de isolamento".Tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para "chegar" perto de você. Quando nos trancamos na tristeza, nós mesmos nos suportamos, ficamos horríveis. O mau humor vai comendo nosso fígado, até a boca fica amarga.Recomeçar...Hoje é um bom dia para começar novos desafios.Onde você quer chegar? Alto? Sonhe alto!Queira o melhor do melhor. Queira coisas boas para a vida. Pensando assim,trazemos pra nós aquilo que desejamos.Se pensamos pequeno, coisas pequenas teremos. Já se desejarmos fortemente o melhor e, principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar na nossa vida. E é hoje o dia da faxina mental.Jogue fora tudo que te prende ao passado, ao mundinho de coisas tristes. Fotos, peças de roupa, papel de bala, ingressos de cia, bilhetes de viagens e toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados.Jogue tudo fora, mas principalmente ESVAZIE SEU CORAÇÃO. Fique pronto para a vida, para um novo amor.Lembre-se, somos apaixonáveis, somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes, afinal de contas, nós somos o "Amor".
'eu que sempre sonhei por tanto tempo em ser livre, me prenda em seus braços é o que eu te peço'
É triste constatar que o dinheiro tem comprado pessoas que até então não tinham preço, mas adquiriram valores com a pressão do mercado, e pasmem, alguns estão em promoção, sendo adquiridos facilmente.
Terminei de ler A Cabana há pouco mais de uma semana, mas ainda não tinha encontrado tempo para escrever uma breve revisão do livro. Na verdade, não pretendo escrever muito, pois temo acabar estragando a leitura de outras pessoas que porventura ainda não o leram. Trata-se de uma história fictícia escrita por William P. Young para seus seis filhos. O que seria apenas para os filhos de Young acabou sendo publicado por uma minúscula editora e se tornou fenômeno de vendas nos EUA, alcançando o concorrido (e cobiçado) posto de primeiro lugar na lista dos mais vendidos do The New York Times (no Brasil, esta semana, A Cabana está em primeiro lugar na lista de ficção de revista Veja). O livro levantou elogios de gente como Eugene Peterson, Michael W. Smith e da cantora country Wynnona Judd, dentre outros. Por outro lado, muitos o denunciam como perigoso, herético, um “trojan horse” no seio do Cristianismo.Eu gostei de A Cabana, do modo como a história é contada, me emocionei diversas vezes durante a leitura e, quando terminei, fiquei tentado a recomeçá-la de novo. Entendo que muitas pessoas possam pensar que o livro seja herético pela maneira como ele apresenta Deus (a Trindade). Mas sinceramente não encontro heresia nenhuma no livro a esse respeito (Deus é Espírito e livre para se revelar como Ele desejar). Há alguns “escorregões” teológicos (como por exemplo, quando Deus Pai diz que estava junto com Deus Filho quando este morria na cruz), mas não o suficiente para ser tachado de herético.Um argumento que muitos dos que defendem o livro levantam é que se trata de um texto de ficção e não teológico. No entanto, é preciso notar que, apesar de ser uma história fictícia, A Cabana foi escrita com a intenção de apresentar quem/como Deus é - tendo portanto um cunho bem teológico. E a teologia apresentada por A Cabana é que Deus é bom, que Ele ama a todos, que Ele é Soberano, que Ele tem um plano para nossas vidas, que mesmo quando desgraças e tragédias acontecem, podemos confiar nEle. Algumas das palavras colocadas nos lábios de Deus no livro são fruto da cosmovisão do autor (por exemplo, a forte atitude anti-instituição) e é aí que deve entrar o discernimento e bom senso.É importante notar também que o livro foi escrito por alguém que cresceu no campo missionário (TCK - third culture kid ou “criança em terceira cultura”) e isso evidentemente aparece no modo como ele apresenta Jesus e Seu amor por todas as pessoas.Há um momento no texto em que o personagem principal (Mackenzie) está tendo uma conversa com Deus e insinua que Deus parece não se encaixar em um certo modelo. A resposta de Deus é:“Entendo como tudo isso deve deixar você desorientado, Mack. Mas o único que está pretendendo ser alguma coisa aqui é você. Eu sou o que sou. Não estou tentando me encaixar em modelo nenhum.”Um verdadeiro (e amoroso) tapa na cara… Como eu disse, gostei da leitura e agora vou esperar pelo filme.
Por Sandro Baggi